Connect with us

Cidades

Água Branca: secretário de Saúde fala sobre denúncia e chama vereador de “fole de sanfona”

Published

on

secretário municipal de Saúde de Água Branca, Rafael Toledo – Foto: Arquivo/Juliano Rodrigues – Correio Notícia

secretário municipal de Saúde de Água Branca, Rafael Toledo – Foto: Arquivo/Juliano Rodrigues – Correio Notícia

Através de uma nota enviada à coluna Integração, do jornal Gazeta de Alagoas, o secretário municipal de Saúde de Água Branca, Rafael Toledo, falou sobre a denúncia contra ele de prática de nepotismo e esclareceu a informação de que havia ameaçado ir para a oposição porque teria recebido do prefeito um pedido para deixar o cargo.

Na nota, o secretario informa que “em nenhum momento o prefeito Zé Carlos pediu a entrega do cargo assim como nunca ameacei ir para a oposição. Minha nomeação como secretário não houve imposições nem condições, estou para somar e colaborar para virar a página e enterrar o passado de perseguição e atraso”.

Ainda na nota, Rafael Toledo alfineta o grupo de oposição: “O nosso trabalho incomoda aqueles acostumados com a velha política, por isso querem ‘fritar’ quem eles acham um ‘potencial adversário’ no futuro”.


Continua depois da Publicidade

Sobre a denúncia de prática de nepotismo, também por meio da coluna Integração, o secretário de Saúde respondeu que “até o momento não recebemos notificação sobre o caso, tomamos conhecimento através da imprensa, porém esclarecemos que as indicações e nomeações realizadas foram feitas pelo Prefeito, não por mim, o critério utilizado foi “qualificação técnica”.

Por fim, Rafael atribui as denúncias contra ele a uma tentativa do vereador Cargilson Lacerda de macular sua imagem, por ser considerado, por hora, seu maior adversário político. O secretário provoca dizendo que o edil “é conhecido na cidade como vereador ‘fole de sanfona’, ora está de um lado, ora está de outro”.

Por sua vez, o vereador Cargilson Lacerda alega que o secretário Rafael Toledo está tentando levar o debate para o campo da política eleitoral e que nas declarações dele não explicou nem se defendeu consideravelmente das acusações de prática do crime de nepotismo. “Ele piorou tudo, afirmando que tais nomeações criminosas vieram exclusivamente do prefeito”, disse, por meio de nota enviada ao Correio Notícia.

O vereador conclui a nota orientando o secretário a demitir parentes da secretaria que comanda e pede para que o prefeito se pronuncie a respeito do assunto.

Let’s block ads! (Why?)

fonte: Correio Notícia


Continua depois da Publicidade

Bombando