Connect with us

Cidades

Alunos representam o IFAL Santana do Ipanema em feira no Paraguai

Published

on

Vinicius e Jordana representam IFAL Santana em Feira no Paraguai – Foto: Ascom/IFAL

Vinicius e Jordana representam IFAL Santana em Feira no Paraguai – Foto: Ascom/IFAL

Avaliar como a monitoria exerce um importante papel no desenvolvimento e contribui para formação de sujeitos ativos da aprendizagem. É com esse projeto intitulado “O aluno monitor: o desafio de constituir sujeitos ativos na sala de aula de Língua Portuguesa” que os alunos José Vinicius Teodósio de Lima e Jordana Vieira Soares Silva, da 3º Ano do Curso Técnico de Nível Médio em Agropecuária, irão levar à marca do IFAL Campus Santana do Ipanema para fora do país.

Nascido do anseio de colaborar para a formação dos futuros ingressantes no campus, o projeto consiste na oferta de aulas de Língua Portuguesa, desenvolvidas pelos monitores, para estudantes da 9º Ano do Ensino Fundamental II, das escolas da rede pública de ensino dos municípios de Santana do Ipanema e Poço das Trincheiras, como forma de investigar se tal prática pedagógica eleva o índice de aprendizagem, diminuindo os impactos da má qualidade da formação recebida por tais alunos, oriundos de instituições públicas.

A relevância do projeto pode ajudar a região a melhorar seus resultados do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica -, um indicador geral da educação das escolas públicas e privadas. No último resultado da avaliação, referente a 2015, a média nacional ficou abaixo do que se projetava, com 4,5 pontos, quando se esperava pelo menos 4,7. Se a média nacional já está abaixo do esperado, o resultado local mostra um cenário ainda mais preocupante, com Santana do Ipanema tendo 2,7 pontos.


Continua depois da Publicidade

O projeto acaba refletindo, ainda, o olhar dos alunos monitores sobre o desenrolar do processo ensino-aprendizagem na Língua Portuguesa, revelando a monitoria como um instrumento de crescimento pessoal, acadêmico e profissional. Por isso, esse projeto precisa ser levado Brasil afora, quando chegará ao Paraguai.

O Diretor-Geral do campus ressaltou o valor da ação: “Não foi uma tarefa fácil viabilizar a participação no evento, especialmente num cenário de cortes no orçamento dos institutos federais, mas graças a uma execução financeira eficiente isso está sendo possível. É importante para nosso campus a projeção de idéias Brasil afora e que nossos alunos levantem a bandeira da instituição, a exemplo do que já ocorreu em outros campi do IFAL”, afirmou Gilberto Neto.

Antes de transpor os limites do país, o projeto de Vinicius e Jordana já havia conquistado o 1º lugar na categoria Linguística, Letras e Artes, na 12º FENECIT – Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia, realizada no Recife.

O Evento – IX FECITEC 2017

A FECITEC – Feira de Ciências e Tecnologia é um evento realizado pela Escola Girasoles, na cidade de Ercanación, sudeste do Paraguai. O evento é tradicional no calendário sul-americano e desde 2015 recebe trabalhos de países como Brasil, México, Peru e Turquia, além dos locais. A feira é voltada para o público infanto-juvenil do 3 aos 17 anos e ocorre através da exposição num ambiente multicultural.

Este será o nono ano em que a feira se realiza. A IX FECITEC será realizada de 22 a 26 de agosto. O Coordenador de Extensão do campus, Rafael Balbino, irá acompanhar os alunos no evento. A Escola Girasoles, organizadora da FECITEC, aponta como missão educar a partir dos primeiros anos, homens e mulheres de conduta e sua responsabilidade construtiva em relação à ciência, à arte e à cultura. A participação dos alunos será custeada inteiramente pelo IFAL Campus Santana do Ipanema.

Let’s block ads! (Why?)

fonte: Correio Notícia


Continua depois da Publicidade

Bombando