Connect with us

Cidades

AMA cria comissão para acompanhar municípios em Emergência

Published

on

IMG_4472Após as fortes chuvas que deixaram 27 municípios em Emergência, a situação nas cidades se normaliza mas os prefeitos, principalmente das cidades mais atingidas, estão com inúmeras sequelas. São questões que precisam de respostas para que a população saiba onde, quando e como os recursos serão aplicados. “A transparência é o objetivo de todos nós”, disse o presidente da AMA, Hugo Wanderley. A Entidade criou uma comissão para acompanhar ,junto ao Comitê de Crise Estadual e ao Ministério Público, todos os levantamentos feitos e apresentar a situação de cada cidade.

No ofício entregue ao governo, Hugo Wanderley indicou o prefeito do Pilar Renato Rezende como titular e representante da AMA no Comitê, e ainda os prefeitos de Capela Adelmo Calheiros, Satuba Paulo Acioli, Coruripe Joaquim Beltrão e Quebrangulo Marcelo Lima. Eles vão acompanhar e cobrar todas as ações que precisam ser executadas.


Continua depois da Publicidade

Após a situação emergencial e as ações humanitárias, disse o prefeito Renato Rezende, é hora de tratar da reconstrução das cidades e saber em quais situações os recursos liberados pelo Ministério da Integração poderão ser aplicados. “Os problemas são distintos e precisam ser tratados de forma diferente”, acrescentou.

Em reunião com o coordenador da Defesa Civil Estadual, Major Moisés Henrique de Melo, nesta quarta-feira ( dia 7), a comissão da AMA solicitou que a Defesa Civil faça nova vistoria “in loco” das informações constantes no Formulário de Desastres, o FIDE e defina um plano de atuação que atenda as recomendações constantes na legislação.

Segundo o Major Moisés em situações que reestabeleçam serviços essenciais, acessos, contenção de barreiras e correções em pontes , os recursos federais da emergência poderão ser empregados. A medida não prevê ressarcimento às prefeituras de aluguel social e compras de alimentos e produtos.

 

Resolução da AMA

Decreto Estadual

 

Decreto União

 

fonte: AMA – Associação dos Municípios Alagoanos


Continua depois da Publicidade

Bombando