Connect with us

Hi, what are you looking for?

40graus

Geral

Após manifestações, votação no Senado põe articulação em xeque

Após manifestações, votação no Senado coloca articulação em xeque

Após manifestações, votação no Senado coloca articulação em xeque
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Está marcada para a tarde desta terça (28) a votação no Senado da MP 870, a medida provisória da reforma administrativa de Bolsonaro, que reduziu o número de pastas e mudou o desenho da Esplanada. 

A votação será a primeira após as manifestações de domingo, que expuseram um racha na Direita face à demora do presidente em aprovar reformas. Demora que é atribuída à falta de entendimento, ou de articulação, entre o Planalto e o Congresso. 

Jair Bolsonaro propõe pacto com Legislativo e Judiciário por reformas

O texto já foi aprovado na Câmara, e lá os deputados impuseram uma derrota a Bolsonaro: mantiveram o Coaf, órgão que produz informações que ajudam a identificar crimes, como lavagem de dinheiro, no Ministério da Economia. A derrota foi minimizada pelo próprio Bolsonaro no dia da votação, quando ele disse ao R7 Planalto em evento na Embaixada de Israel que o importante era que o Coaf “estava no governo”


Continua depois da Publicidade

Sem tempo a perder, a orientação do Planalto é que senadores aliados, em tese maioria, aprovem o texto como veio da Câmara. A MP caduca no início da próxima semana, e se não for aprovada até la na Câmara e no Senado a Esplanada volta ao desenho do governo Temer: com 29 ministérios e Coaf no Ministério da Fazenda. Em caso de alterações ao texto aprovado na Câmara, o texto precisa ser votado novamente na Câmara. Se for aprovado como está, segue para sanção. 

A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), trabalha nos bastidores nesse sentido. Mas o líder do PSL no Senado, senador Major Olímpio (SP), defende a votação de um destaque que devolve o Coaf ao Ministério da Justiça.

— Vou continuar apoiando e votando até por questão de coerência. Fiz mobilização intensa para que o PSL votasse na Câmara pela manutenção no Ministério da Justiça. É a defesa da estrutura de governo de Bolsonaro.

O líder minimizou o risco de a MP caducar em caso de votação do destaque. 

— Se Câmara não quiser responde pra sociedade, cada um na medida da sua responsabilidade. Mesmo que não estejamos satisfeitos nós não paramos ou atrapalhamos o Brasil para votar o que achamos necessário. É um respeito ao Senado para votar o que a população pede em relação ao Coaf. A quem interessa no Brasil e o porque o Coaf não pode ficar na Justiça? O papel da Câmara é votar.

Major Olímpio garante que há 30 votos pelo destaque do Coaf na Justiça. 

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Futebol

[unable to retrieve full-text content] Continua depois da Publicidade O post Copa do Nordeste: confira os gols de CRB 2 x 0 Sport apareceu...

Futebol

[unable to retrieve full-text content] Continua depois da Publicidade O post CRB encerra preparação para a partida diante do Sport pela Copa do Nordeste...

Famosos

Continua depois da Publicidade BBB21: Quem você gostaria de ver participando do Paredão Falso do BBB21? Fonte: Ofuxico.com.br – Todo o Conteúdo é de...

Futebol

O Fortaleza começou sua campanha na Copa do Nordeste com o pé direito. Os cearenses enfrentaram o CRB nesta quarta-feira e venceram por 1...