Connect with us

Hi, what are you looking for?

40graus

Geral

As notícias mais importantes do dia 28 de março de 2019

O dia 28 de março de 2019 foi marcado pela escolha do deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG) como relator do projeto da reforma da Previdência, pela mudança de tom do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, após encontro com o ministro Paulo Guedes, e pela decisão da Justiça que tornou réu o ex-presidente Michel Temer. Confira essas e outras notícias a seguir:

 

 

 

 

 

 

Deputado do PSL será relator da reforma

O deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG)

O deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG)
Reprodução/ Facebook – 23.02.2019

 

 

 

 

O deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG) será o relator da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. A decisão foi tomada pelo presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça da Câmara), deputado Felipe Francischini (PSL-PR).

Segundo a agência Câmara, Francischini disse que esperou o momento propício para fazer o anúncio do relator, já que hoje há “união de forças e consenso dentro do Congresso Nacional e também junto ao governo”.

O nome foi anunciado após reunião de Francischini com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, e a líder do governo do Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP).

 

 

 

 

 

 

Maia adota tom pacificador

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que almoçou com o ministro Guedes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que almoçou com o ministro Guedes
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

 

 

 

 

 

Em um sinal de pacificação após os últimos dias de crise, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu o ministro da Economia, Paulo Guedes, para almoçar com alguns deputados.

Logo após o encontro, ambos adotaram um discurso pacificador e pró-reforma da Previdência. “Vamos colocar esse trem nos trilhos para que a gente possa caminhar com velocidade. Em uma velocidade que os 12 milhões de desempregados esperam”, disse Maia.

“O convidei para retomarmos o dialogo sobre reforma”, continuou o presidente da Câmara ao fim do encontro. “Vamos focar no que pode melhorar o País”, afirmou.

 

 

 

 

 

Fachin multa campanha de Haddad

O ministro Edson Fachin, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral)

O ministro Edson Fachin, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral)
Valter Campanato/Agência Brasil – 12.04.2018

 

 

 

 

 

 

O ministro Edson Fachin, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), multou a campanha de Fernando Haddad (PT) à Presidência em R$ 176,5 mil em decorrência de irregularidades na internet. A decisão foi assinada na terça-feira (26). Ainda cabe recurso.

Segundo a decisão, documentos do Google comprovaram que a campanha de Haddad contratou, por R$ 88,2 mil, o impulsionamento de conteúdo desfavorável ao então adversário Jair Bolsonaro.

A defesa da campanha de Haddad sustentou que o conteúdo impulsionado dizia respeito somente à “reprodução de matéria jornalística amplamente divulgada, que se mostrou inapta a desequilibrar a disputa eleitoral”, motivo pelo qual a reclamação aberta pela campanha de Bolsonaro não mereceria prosperar.

 

 

 

 

 

 

Guaidó é proibido de exercer cargo público

Juan Guaidó, chefe da Assembleia Nacional da Venezuela

Juan Guaidó, chefe da Assembleia Nacional da Venezuela
Rayner Peña / EFE / 27.3.2019

 

 

 

 

 

 


Continua depois da Publicidade

A Controladoria Geral da Venezuela declarou Juan Guaidó, chefe da Assembleia Nacional e auto-declarado presidente do país, inabilitado para o exercício de cargos públicos pelo prazo de 15 anos, sob acusações de corrupção.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (28) pelo controlador geral, Elvis Amoroso. As informações são do jornal venezuelano El Nacional.

“Ele realizou 91 viagens ao exterior sem autorização da Assembleia Nacional, gastando 570 milhões de bolívares (R$ 8.650), gasto que não pode ser justificado pelo seu salário de servidor público”, disse Amoroso.

O controlador foi designado pela Assembleia Nacional depois que o Tribunal Superior de Justiça abriu uma investigação sobre as viagens de Guaidó. Segundo Amoroso, a medida baseia-se na declaração de bens de Guaidó, que para o controlador é “inconsistente”.

 

 

 

 

 

 

Temer vira réu no caso da mala da JBS

O ex- presidente Michel Temer, que ficou detido por 4 dias na PF do Rio

O ex- presidente Michel Temer, que ficou detido por 4 dias na PF do Rio
Amanda Perobelli/Reuters

 

 

 

 

 

 

A 15ª Vara Federal Criminal de Brasília pôs o ex-presidente Michel Temer (MDB) no banco dos réus pelo suposto crime de corrupção passiva no caso envolvendo a mala de R$ 500 mil da JBS.

Segundo a denúncia oferecida em 2017, e ratificada pelo procurador da República Carlos Henrique Martins Lima, os pagamentos poderiam chegar ao patamar de R$ 38 milhões ao longo de 9 meses. Com o fim do foro privilegiado de Temer, o processo foi remetido à primeira instância e tramita na 15ª Vara Federal, em segredo de Justiça.

A defesa do ex-presidente afirma que “essa imputação também é desprovida de qualquer fundamento, constituindo aventura acusatória que haverá de ter vida curta, pois, repita-se, não tem amparo em prova lícita nem na lógica”.

 

 

 

 

 

 

Operação prende 63 suspeitos de pedofilia

Operação da Polícia Civil realizou 92 mandados de busca e apreensão

Operação da Polícia Civil realizou 92 mandados de busca e apreensão
MARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

 

 

 

 

 

 

Uma operação da Polícia Civil de São Paulo cumpriu, nesta quinta-feira (28), 92 mandados de busca e apreensão e prendeu 63 suspeitos de cometerem crimes de pedofilia na internet.

Um dos presos na ação — que faz parte da Operação Luz da Infância, deflagrada em 26 Estados e no DF — foi capturado dentro de uma sala de aula da FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas) da USP (Universidade de São Paulo).

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Ruy Ferraz Fontes, no celular do aluno foram encontradas imagens que servem para apuração policial.

Do total de detidos, 60 foram presos em flagrante com materiais armazenados. Segundo Fontes, os suspeitos que também compartilharam conteúdos sexuais de crianças não podem pagar fiança — diferentemente dos que apenas armazenavam.

 

 

 

 

 

 

BC reduz previsão de crescimento

Inflação deve ficar em 1,45% entre janeiro e março

Inflação deve ficar em 1,45% entre janeiro e março
Reprodução / Pixabay

 

 

 

 

 

 

O novo Relatório de Inflação do Banco Central, divulgado nesta quinta-feira (28), traz uma projeção menor para o crescimento da economia em 2019 do que o anterior, de dezembro de 2018.

Segundo a instituição, o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro deve se expandir 2%. A última estimativa havia sido de 2,3%.

O relatório, que é atualizado trimestralmente, cortou em 1 ponto percentual a previsão de crescimento do setor agropecuário, que era de 2%.

“O recuo na projeção reflete reduções em estimativas para a safra agrícola de 2019, com destaque para a menor produção esperada para soja, item com o maior peso da agricultura, devido à estiagem ocorrida em importantes regiões produtoras”, diz o documento.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Futebol

[unable to retrieve full-text content] Continua depois da Publicidade O post Emprestado pelo Athletico, Reginaldo comemora boa fase no CRB apareceu primeiro em Gazeta...

Futebol

Nesta terça-feira, o CSA venceu o Moto Club por 2 a 0, no Rei Pelé, em jogo de volta válido pela Pré-Copa do Nordeste....

Futebol

A Ponte Preta venceu o CRB por 3 a 1, na noite deste domingo, no Moisés Lucarelli, pela Série B. Mesmo com a vitória,...

Futebol

Pela 37ª rodada da Série B, a equipe do CSA recebeu o Brasil de Pelotas, nesta sexta-feira, no estádio Rei Pelé. As duas equipes...