Connect with us

Hi, what are you looking for?

40graus

Geral

Bolsonaro sobre atos: “imagens valem mais do que mil palavras”

Concentração de manifestantes na Avenida Paulista

Concentração de manifestantes na Avenida Paulista
Fotoarena/Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro demonstrou satisfação com as manifestações em defesa do governo neste domingo (26). Ao chegar ao Palácio da Alvorada após viagem ao Rio, Bolsonaro desceu do carro e cumprimentou apoiadores.

“Não houve nenhum incidente. Foram pedir aquilo que todos querem: paz, democracia, liberdade, responsabilidade. Vamos negociar o futuro dessas crianças”, disse o presidente. No local algumas crianças estavam acompanhadas dos pais.

Perguntado sobre a quantidade de pessoas nas ruas, Bolsonaro declarou que as “imagens valem mais do que mil palavras”, e ainda foi questionado se sua fala anterior sobre “velhas práticas” era um recado ao Congresso. “Pergunta para o povo”, comentou.

Leia também: Veja imagens dos atos pró-Bolsonaro em todo o país

Bolsonaro rejeitou classificar os atos como “protestos”. “Não teve protesto nenhum”, disse. Quando perguntado sobre as “manifestações”, mandou um recado à imprensa dizendo que os jornalistas estavam “aprendendo” a falar com ele.

Ernesto Araújo: “o povo quer ocupar o lugar que lhe pertence”

Ernesto Araújo comentou sobre os atos pró-Bolsonaro deste domingo, e afirmou em sua conta oficial no Twitter que o povo brasileiro não é contra o sistema político e que apenas quer o seu lugar. “O povo não é contra o sistema político, apenas quer ocupar o lugar que lhe pertence no centro do sistema político: ‘todo o poder emana do povo’, como diz a CF-1988”, escreveu, citando a Constituição Federal.


Continua depois da Publicidade

Dentre uma série de publicações, o ministro citou os protestos de 2013, as manifestações pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff e a eleição do presidente Bolsonaro como “fundamentais” dentro do processo que o Brasil “caminha rumo ao exercício do poder pelo povo”. “Rumo a desfazer as amarras que sempre ataram o povo: amarras políticas, econômicas e também amarras ideológicas e culturais do politicamente correto e do marxismo de contrabando”, afirmou o ministro, após dizer que o Brasil está à procura de um sentido.

“O povo brasileiro entrou na vanguarda de um movimento mundial de libertação histórica e recuperação da soberania. Hoje é inegável que o povo brasileiro mantém esse potencial transformador”, completou Araújo. Durante a semana, o chanceler havia afirmado que as manifestações eram de iniciativa espontânea e sem precedentes no País.

Moro elogia manifestações

O ministro da Justiça, Sergio Moro, usou as redes sociais para elogiar as manifestações pró-governo deste domingo, 26. “Festa da democracia”, escreveu em sua conta no Twitter, ressaltando que não houve pautas autoritárias. “Povo na rua é democracia. Com povo e Congresso, avançaremos. Gratidão. #Brasil.”

O pacote anticrime de Moro foi defendido pelos manifestantes em diversas cidades, assim como a reforma da Previdência e outras medidas de Bolsonaro. Em Brasília, os manifestantes inflaram um boneco do ministro da Justiça usando uma roupa de super-homem.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Futebol

A Ponte Preta venceu o CRB por 3 a 1, na noite deste domingo, no Moisés Lucarelli, pela Série B. Mesmo com a vitória,...

Futebol

Pela 37ª rodada da Série B, a equipe do CSA recebeu o Brasil de Pelotas, nesta sexta-feira, no estádio Rei Pelé. As duas equipes...

Futebol

This website uses cookies to improve your experience while you navigate through the website. Out of these cookies, the cookies that are categorized as...

Futebol

[unable to retrieve full-text content] Continua depois da Publicidade O post Após goleada, Roberto Fernandes exalta jogadores do CRB e fala do objetivo alcançado...