Connect with us

Política

Câmara de Joaquim Gomes vai intermediar diálogo entre governo e Professores

Published

on

O presidente da Câmara de Vereadores de Joaquim Gomes, Ednaldo Antonio, enviou um ofício a Prefeitura do município, afim de intermediar uma conversa entre o Prefeito Adriano Barros e o Sindicato dos Servidores Públicos, que cobra o pagamento do rateio dos recursos do antigo FUNDEF aos professores.

O ofício foi enviado a chefia de gabinete na manhã desta segunda-feira (12), a expectativa é que o Prefeito responda a Câmara ainda essa semana.

O Rateio do antigo Fundef é um recurso que foi depositado nas contas do município de Joaquim Gomes em meados de 2017, com este recurso, a Prefeitura já reformou escolas e construiu uma no bairro dos terrenos. Na época, fora depositado o valor aproximado de 23 milhões. Atualmente, não há como saber quanto deste valor existe nas contas do município.


Continua depois da Publicidade

Para o sindicato, o município deve fazer o rateio de 60% deste valor aos professores, pois, o Congresso Nacional já chancelou que é lícito o pagamento do rateio direto aos profissionais da educação.

“O Rateio do antigo fundef é direito adquirido do Professor, é uma correção histórica dada por conta da defasagem salarial dos professores entre os anos de 1998 a 2007, queremos que o município faça cumprir esse direito”, disse o Presidente do Sindicato, Willames da Silva.

Ao 40graus, o Presidente da Câmara disse que os servidores não devem encontrar dificuldades de diálogos com a casa.

“Me encontro a disposição, nos como fiscais do povo de estamos aqui para dialogar e intermediar essa conversa com o município”, disse o Presidente Edinaldo.

Na próxima sessão, o tema deverá se amplamente discutido entre os vereadores.


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bombando