Connect with us

Política

Caso Precatórios: Vereadores de Joaquim Gomes se reúnem com Presidente da Câmara de Maceió e Deputado

Published

on

Uma reunião entre parlamentares da cidade de Joaquim Gomes com presidente da Câmara de Maceió, Galba Neto ocorreu na sede do legislativo municipal da capital na tarde desta terça-feira. A Principal pauta foi a aprovação do projeto de lei que propõe o pagamento do rateio dos precatórios do antigo FUNDEF.

Na capital, o Prefeito JHC deve sancionar em breve o projeto que vai destinar mais de 180 milhões diremente aos professores. Em buscas destas informações, os Vereadores Alisson David (Sambeca), Diogo Gonzaga e Rita do Araçá foram buscar informações na reunião junto com o Presidente do Sindicato, Wilames Silva e uma comissão de professores, a reunião foi acertada por Fábio Augusto, um dos representantes do Deputado Galba Novaes na região. Galba, que é pai do Presidente da Câmara também esteve na reunião.

Durante a conversa foi exposto aos parlamentares de Joaquim Gomes todo o procedimento feito para a aprovação do projeto, que na cidade do interior do estado é tema de polêmica política e já rendeu várias discussões desde o ano de 2018, quando o valor de pouco mais de 18 milhões de reais entrou na conta da Prefeitura. Deste montante o Prefeito Adriano Barros já usou cerca de 14 milhões na construção e reforma de escolas na cidade.

“Os precatórios é um direito do professor e o Prefeito JHC foi um dos precursores desta discussão, aqui na Câmara de Maceió o projeto foi apreciado sem nenhuma dificuldade foi todos nos sabemos a importância que essa classe tem para a construção do nosso pais “, pontou o Galba Neto.

De acordo com a Vereadora Rita, o convite para a reunião foi estendido a todos os parlamentares do município. Ela relatou ao 40graus que com a realização desta reunião, um norte foi dado para a construção da luta pelos direitos dos professores.

Diogo Gonzaga disse que por várias vezes o procurador do município foi contundente em desqualificar o Prefeito de Maceió. “Ele acusou o Prefeito JHC de ser um “vendedor de sonhos” por várias vezes, fato que foi desmentido horas depois com a aprovação deste projeto aqui em Maceió, caindo por terra todo aquele discurso dele”.

O Presidente do Sindicato, Wilames da Silva contou que após esta reunião, o sindicato deverá procurar meios jurídicos e políticos para tentar novamente sensibilizar os demais vereadores para que eles possam se movimentar na construção de um projeto de lei, nos mesmos moldes que foram feitos em Maceió.


Continua depois da Publicidade


Continua depois da Publicidade

Bombando