Connect with us

Geral

Centrais sindicais se unem para celebrar 1º de Maio e convocar greve

Published

on

Em SP, ato será realizado no Vale do Anhangabaú

Em SP, ato será realizado no Vale do Anhangabaú
Eduardo Anizelli/Folhapress – 1/5/2016

Um grupo formado pelas principais centrais sindicais brasileiras se reúne nesta quarta-feira (1º) em diversas cidades do país. Além das celebrações pelo Dia Internacional do Trabalhador, as entidades prometem convocar uma greve geral contra a reforma da Previdência. A previsão inicial é de que a paralisação seja marcada para o dia 14 de junho.

CUT, Força Sindical, CTB, Intersindical, CSP-Conlutas, Nova Central, CGTB, CSB e UGT aparecem entre as centrais que participam dos atos. Será ainda a primeira vez que entidades sindicais e os movimentos sociais estarão unidos na data.

Para justificar a celebração em conjunto, as centrais destacam a “luta” contra a proposta de reforma da Previdência em tramitação na Câmara dos Deputados. As entidades avaliam que, se aprovada, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) vai “impedir os brasileiros de acessarem o direito à aposentadoria”.

O Secretário-Geral da CUT, Sérgio Nobre, classifica a união entre as centrais como algo “fundamental” para barrar a reforma da Previdência. “Estamos construindo a greve geral e a realização de atos unitários em diversas cidades neste 1º de maio. É mais uma demonstração de unidade, que será decisiva para barrar os retrocessos contra a classe trabalhadora, em especial a reforma da Previdência”, destaca Nobre.

Segundo o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, os atos também defenderão a redução do desemprego, que atinge mais de 13 milhões de brasileiros. “Vamos unir nossas vozes contra esta nefasta proposta [de reforma da Previdência] que só prejudica os mais pobres e lutar por políticas que sejam voltadas para o desenvolvimento e a geração de empregos” afirma ele.

Na cidade de São Paulo (SP), o ato promovido pelas centrais sindicais acontecerá no Vale do Anhangabaú, a partir das 10h. O evento será marcado por atos políticos pela manhã e terá a convocação da greve no início da tarde.

Após os anúncios, Ludmilla, Leci Brandão, Marília Cecília e Rodolfo, Roberta Miranda, Felipe Araújo, Guilherme e Santiago, Yasmin Santos, Toninho Geraes, Dj Evelyn Cristina e Mistura Popular já têm participação confirmada na celebração.

Confira a agenda de eventos pelo Brasil

BAHIA

14h – 1º de maio unificado no Farol da Barra, em Salvador.

BRASÍLIA

13h – Ato no Taguaparque, com apresentações de Vanessa da Mata, Odair José e Israel e Rodolffo.

CEARÁ

15h – Ato unificado na Praia de Iracema, em Fortaleza, com concentração na Avenida Beira Mar, próximo ao espigão da Rui Barbosa.

GOIÁS

14h – Concentração na Praça Cívica, em frente ao Coreto.
17h – Ato político e atividades culturais com shows e outras atrações na Praça Universitária.


Continua depois da Publicidade

MATO GROSSO

16h – Ato político e cultural, com artistas regionais, na Praça Cultural do Bairro Jardim Vitória, em Cuiabá.

MATO GROSSO DO SUL

Das 9h às 12h – Ato unificado do 1º de maio na Rua Anacá com a Rua Barueri, bairro Moreninha II

PARAÍBA

14h – Caminhada com concentração em frente ao Centro de Zoonoses dos Bancários
17h – Ato cultural no Mercado Público de Mangabeira

PERNAMBUCO

9h – Concentração na Praça do Derby, em Recife

PIAUÍ

8h – Ato do 1º de maio na Praça da Integração, em Teresina.

RIO DE JANEIRO

Das 9h às 14h – Ato na Praça Mauá, com atividades organizadas pelos sindicatos e movimentos populares.
Das 14h às 17h – Os trabalhadores e trabalhadoras sairão em bloco pelas ruas, intercalando bloco e fala política das centrais sindicais e movimentos que compõem as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo.

SERGIPE

8h – Concentração do ato na Praça da Juventude – Conjunto Augusto Franco, seguida de caminhada em direção aos Arcos da Orla de Atalaia, onde ocorrerá um ato político e cultural.

RIO GRANDE DO SUL

Porto Alegre
14h – Concentração na Rótula das Cuias, Avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, ao lado do Parque da Harmonia.
15h – Caminhada na Orla do Guaíba,
16h – Ato na Rótula do Gasômetro, próximo à Câmara de Vereadores

Caxias do Sul
14h – Ato nos Pavilhões da Festa da Uva

Bagé
14h – Concentração na Praça do Coreto, com caminhada pela Avenida 7 de Setembro;

Erechim
10h – Concentração no Bairro Atlântico

Passo Fundo
Das 14h às 17h – Ato no Parque da Gare

Pelotas
Das 14h às 18h – Ato com mateada e atividades artísticas na Praça Dom Antônio Zattera

Santa Maria
Das 10h às 17h – Atividades com ato ecumênico, almoço coletivo, apresentações culturais, mateada, lançamento do Comitê Regional contra a Reforma da Previdência e ato público no Alto da Boa Vista, no bairro Santa Marta.

Ijuí
14h – Concentração seguida de ato na Praça Central.

SANTA CATARINA

Florianópolis
9h30 – Debates sobre a Reforma da Previdência e atividades culturais na comunidade do Mont Serrat.

Palhoça
Debates sobre a Reforma da Previdência e atividades na ocupação Nova Esperança.

Blumenau
15h – Ato público em defesa da Previdência na Praça da Prefeitura.

SÃO PAULO

Campinas
9h30 – Concentração no Largo do Pará com caminhada até o Largo da Catedral
10h30 – Ato no Largo da Catedral
11h – Ida ao 1º de maio em São Paulo, no Vale do Anhangabaú

Osasco
6h30 – 11º Desafio dos Trabalhadores, tradicional corrida e caminhada de rua do dia 1º de maio, com concentração a partir das 6h30.

Sorocaba
Das 14h às 22h – O SMetal (Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região) organiza um ato político-cultural no Parque dos Espanhóis, com a presença de Ana Cañas, Detonautas e Francisco El Hombre.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Bombando