Connect with us

Geral

Cultura da Paz e Conciliação foram temas abordados durante visita institucional ao TRF4

Published

on

Juiz Oscar Valente Cardoso, Telmo Flor, Antônio Bulhões, Sidney Costa, desembargador Victor Laus, Luiz Cláudio Costa e Reinaldo Gilli

Juiz Oscar Valente Cardoso, Telmo Flor, Antônio Bulhões, Sidney Costa, desembargador Victor Laus, Luiz Cláudio Costa e Reinaldo Gilli
Foto: Divulgação/Jornal Correio do Povo

O presidente nacional do Grupo Record, Luiz Cláudio Costa acompanhado do presidente do Grupo Record no Rio Grande do Sul, Reinaldo Gilli foram recebidos na tarde desta quarta-feira (17) pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador federal Victor Luiz dos Santos Laus e pelo juiz auxiliar da presidência, Oscar Valente Cardoso, em Curitiba.

O encontro teve como principal objetivo cumprimentar Victor Laus pela posse como presidente da corte, ocorrida no último dia 26.

Estavam presentes também o diretor presidente e o diretor de Redação do jornal Correio do Povo, Sidney Costa e Telmo Flor, o diretor da Rádio Guaíba, Claudinei Girotti e o diretor jurídico do Banco Renner, Antônio Bulhões. O encontro destacou a importância de uma boa relação entre órgãos de imprensa e o Poder Judiciário.


Continua depois da Publicidade

Na ocasião, os executivos elogiaram o trabalho desenvolvido pelo TRF4 e falaram do intuito de divulgar as boas práticas do Judiciário “Enquanto concessão pública, temos a missão de promover igualdade e Justiça”, afirmou Luiz Cláudio. Ressaltando ainda a importância do trabalho dos Juizados Especiais utilizando-se da Conciliação.

Desembargador Victor Laus, Luiz Cláudio Costa e Reinaldo Gilli

Desembargador Victor Laus, Luiz Cláudio Costa e Reinaldo Gilli
Foto: Divulgação/Jornal Correio do Povo

O desembargador federal garantiu que o TRF4 irá reforçar as ações voltadas à cidadania e as iniciativas que fomentem uma cultura da paz, usando como exemplo a conciliação entre o Estado e o cidadão.

“Nosso interesse é resolver os litígios da melhor forma”, afirmou Laus. Para o desembargador, a busca do cidadão por parte do Estado para pôr fim a conflitos judiciais antigos por meio de acordos é uma forma de restaurar a credibilidade das instituições.

Ao final, desejaram a Laus sucesso na tarefa de administração da corte federal pelos próximos dois anos.

O TRF4 atua em ações que envolvem o Estado brasileiro, seja a própria União ou autarquias, fundações e empresas públicas. Os cinco tribunais regionais federais são responsáveis por julgar recursos contra decisões de primeira instância, mandados de segurança contra ato de juiz federal, ações rescisórias, revisões criminais e conflitos de competência.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bombando