Connect with us

Geral

Levy elogia aprovação da reforma, mas outras iniciativas são vitais

Published

on

Joaquim Levy acredita que CCJ deu passo importante

Joaquim Levy acredita que CCJ deu passo importante
Alan Marques/Folhapress – 18.12.2015

O presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Joaquim Levy, elogiou a aprovação da admissibilidade, pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, da proposta de reforma da Previdência, mas comentou que outras iniciativas são necessárias, citando as que o governo tem feito para enxugar o escopo de atuação dos bancos públicos.

“Ontem, a CCJ deu um grande passo na reforma da Previdência, o que é muito importante, mas além da reforma da Previdência, há várias outras iniciativas que estimularão a economia. Há uma visão de uma economia mais livre, em que os negócios podem crescer mais”, disse Levy, durante Congresso de Fundos de Investimento da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).


Continua depois da Publicidade

Nesse sentido, Levy mencionou o esforço do novo governo na venda para o setor privado das participações do BNDES e da Caixa.

Veja também: Proposta da reforma da Previdência é aprovada na CCJ

Levy reiterou que a reforma da Previdência será muito importante para fortalecer a confiança do mercado. “Tenho certeza que a bolsa irá ultrapassar os 100 mil pontos (Ibovespa) com o andamento da reforma”, citou. O presidente do BNDES observou também que a “indústria de fundos agrega valor para as pessoas e a economia.”

Momento de expectativa

O presidente do BNDES reconheceu que a economia atravessa um momento de muita expectativa. “A economia está num momento de expectativa. Empresas aguardam para tomar decisões. O número de consultas ao banco ainda é modesto”, disse.

Ele observou, contudo, que a tomada de decisões deve aumentar a partir de eventos, “como o de ontem, na CCJ”, que aprovou a admissibilidade da proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo.

Antes de encerrar sua apresentação na abertura do evento, Levy reiterou que o banco “está na trajetória de transformação” e que seu papel deve ser mais de parceiro do mercado nesse momento.

Levy disse ainda que o banco está sendo mais pró ativo e “fazendo atividade de fomento, visitando empresas, em vez de ficar em seu ‘castelo’ esperando ser procurado”.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Bombando