Connect with us

Cidades

Caso Mislan: Com a participação de familiares, estudantes protestam em frente à Prefeitura de Joaquim Gomes

Published

on

Um protesto de estudantes, professores e familiares do garoto Mislan Odilon, de 15 anos, morto na última quinta-feira (25) após ser atropelado por um ônibus escolar. O ato percorreu as principais ruas da cidade de Joaquim Gomes na manhã desta segunda-feira (29).

Durante o protesto, cartazes com os dizeres “Prefeito, e se fosse seu filho?” foram levantados, além de palavras de ordem pedindo maiores investigações sobre o caso. A Vereadora Rita do Araçá, esteve no manifesto junto com integrantes do Sindicato dos Servidores Públicos, além de professores da rede municipal de ensino.

Os manifestantes pararam em frente ao Fórum da cidade e após, foram até o pátio da Prefeitura, onde discursaram, em seguida, o ato terminou em frente a Câmara de Vereadores.

Nesta terça-feira, alguns estudantes que estavam no ônibus e outras partes envolvidas no inquérito serão ouvidos pelo Delegado Rubens Cerqueira, responsável pelo caso, que tem 30 dias para concluir as investigações.

A irmã e os pais do menino estiveram no manifesto, onde foram acolhidos pelos participantes.


Continua depois da Publicidade

IMG_4909


Continua depois da Publicidade

Bombando