Connect with us

Geral

“Miss Melhor Idade” resgata idosos em Minas Gerais

Published

on

Um estudo realizado pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade Yale, nos Estados Unidos, descobriu que idosos que mantêm a sua autoestima elevada, vivem mais e melhor. Pensando em ensinar a terceira idade sobre a importância de se valorizar e demonstrar confiança em si mesmo, o programa social Calebe realiza há cinco anos o concurso de beleza “Miss Melhor Idade”, no estado de Minas Gerais.

No dia 6/4, foi a vez da cidade de Ribeirão das Neves (MG) realizar o desfile. O evento contou com a participação de 240 idosos e serviu para estimulá-los a cuidar da pele, dos cabelos, das roupas e da higiene pessoal. Também foi oferecido, gratuitamente, atendimento médico, jurídico e de beleza.

Geralda Gonçalves, 74 anos, ganhou, recentemente, o 1º lugar no “Miss Melhor Idade” de Belo Horizonte (MG). Ela conta que, antes de aceitar o convite para desfilar, não gostava nem de se olhar no espelho. “Eu tinha dificuldade em aceitar minha atual idade e as mudanças que o meu corpo sofreu com o tempo. Hoje, além de ter recuperado a minha autoestima, vejo que ela é fundamental para minha saúde mental”, explicou Geralda.


Continua depois da Publicidade

Sérgio Gonçalves, coordenador-geral do Calebe, afirma que muitos idosos chegam no grupo com problemas graves de auto rejeição. Para ele, a solução é aprender a se amar em qualquer idade. “É justamente através do resgate da sua identidade, que a melhoria da autoestima é alcançada. Ela é resgatada no cuidado da aparência, com atividades prazerosas e com o convívio família”, concluiu Sérgio.

O objetivo do Calebe é proporcionar mais qualidade de vida à terceira idade, por intermédio de interação social, cursos, passeios e atividades físicas. O grupo desenvolve ações de entretenimento, saúde, beleza, orientações sociais, jurídicas e apoio psicológico. Também são realizadas palestras, atividades físicas e cursos, de forma regular e gratuita.

Atualmente o programa social está em todo o Brasil e em mais 70 países.  Só em 2018, cerca de 2,4 milhões de idosos foram beneficiados.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Bombando