Connect with us

Cidades

Morador relata possíveis tremores de terra em povoados de Delmiro Gouveia

Published

on

Município de Delmiro Gouveia aparece marcado na cor vermelha, no mapa de Alagoas – Foto: Reprodução/Internet

Município de Delmiro Gouveia aparece marcado na cor vermelha, no mapa de Alagoas – Foto: Reprodução/Internet

A terra tremeu em povoados da zona rural de Delmiro Gouveia, na noite de domingo (18) e na manhã de segunda-feira (19), segundo um morador da comunidade Lagoinha relatou ao Correio Notícia. As ocorrências foram sentidas por volta das 22h de domingo e das 7h da segunda.

Os tremores também foram sentidos por moradores dos povoados Volta, Malhadas, Lameirão, Salgado e Rabeca. Alguns deles ficam próximos à região dos cânions do rio São Francisco.

“O primeiro tremor eu até pensei que tinha sido um trovão, pois a casa toda tremeu. Mas também imaginei que poderia ser alguém explodindo pedras”, disse o morador da comunidade Lagoinha, identificado como Euclides. De acordo com ele, o tremor da manhã de segunda-feira foi ainda mais forte do que o da noite de domingo.

O Correio Notícia buscou a opinião dos maiores especialistas do Brasil no assunto. Segundo o professor George Sand Leão Araújo, do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (Obsis/UNB), é provável, sim, que as ocorrências tenham sido abalos sísmicos, ou terremotos, como são mais conhecidos.

Ele informou que o relato será investigado e, com base nos equipamentos que fazem esses registros, o Obsis/UNB fará uma publicação em seu portal na internet.


Continua depois da Publicidade

Segundo o portal do Observatório, o abalo sísmico mais recente registrado no Nordeste ocorreu no município de João Câmara, no Rio Grande do Norte, na manhã do último domingo (18).

Em Alagoas, em todo o ano de 2016, segundo o Obsis/UNB, foram registrados 13 terremotos. Em alguns casos, a população nem chegou a notar. Em outros, porém, os moradores se assustaram com o barulho que ouviram devido ao fenômeno e registraram a situação por meio das redes sociais.

Três deles foram registrados em Limoeiro de Anadia, na região Agreste. Os outros terremotos que atingiram Alagoas ocorreram nas seguintes datas e locais: Arapiraca, no dia 30 de agosto; Penedo, no dia 12 de agosto, e foi sentido em Jaramataia; Pão de Açúcar, onde dois tremores foram confirmados no dia 20 de junho e percebidos em São José da Tapera; Coité do Nóia, em 23 de abril, que também foi percebido em Igaci, Palmeira dos Índios e Belém; Capela, no dia 1° de abril; Marechal Deodoro, no dia 9 de março; Craíbas, no dia 4 de março; Maravilha, no dia 29 de fevereiro, que também foi percebido em São José da Tapera; e São José da Tapera, no dia 23 de fevereiro.

LEIA MAIS:

Três terremotos atingem cidade do interior de Alagoas no mesmo dia, informa Observatório

Let’s block ads! (Why?)

fonte: Correio Notícia


Continua depois da Publicidade

Bombando