Connect with us

Cidades

Polícia deflagra operação e prende mais um autor da morte do empresário “Gordo”

Published

on

A Polícia Militar através da 2º Companhia Independente deflagrou uma operação conjunta com a Polícia Civil após receber informações sobre a localização de um dos autores do assassinato de José Nilton Bonifácio de 58 anos, conhecido por “Gordo do Depósito”. O Crime ocorreu no dia 1 de fevereiro de 2020. A Morte de gordo foi encomendada pelo próprio filho.

Saiba mais:

A Partir de informações repassadas pelo autor intelectual do crime, Leandro Bonifácil, que foi preso durante o velório do pai, a Polícia deflagrou a operação “Judas Iscariotes” com a intenção de prender os envolvidos no crime. No último dia 4 de fevereiro, a operação prendeu duas pessoas, entre elas, Ricardo Teixeira da Silva, de 21 anos, na localidade conhecida como Fazenda Pimentas, a partir da prisão de Ricardo, os policiais obtiveram informações a respeito da localização do suspeito número 2, conhecido como “Rafa”.

Neste último domingo, 14, chegou um informe ao Serviço de Inteligência da 2ª CIA, que havia 04 indivíduos conduzindo uma boiada roubada com 16 bois. Os suspeitos conduziam o gado oriundo da Barreiros em Pernambuco até o município de Campestre em Alagoas.

A Guarnição de Campestre se dirigiu ao local e solicitou apoio do PELOPES, que chegou acompanhada com o comandante da Unidade Major Nilton Rocha e de outras guarnições dos GPMs de Jundiá, Jacuípe, Novo Lino e Colônia Leopoldina, onde encontram os suspeitos que receberam a polícia com disparos de armas de fogo, onde logo, os policiais responderam a injusta agressão.

A Operação resultou na prisão de Rafael Alexandre de Melo, de 27 anos conehcido por “RAFA”, onde o mesmo confessou ter cometido o homicídio do senhor “José Bonifácio”, a mando do seu filho de Nome Leandro Bonifácio que se encontra preso, confessando também a participação em outro homicídio no município de Novo Lino, do senhor Jailton Laurindo da Silva, ambos ocorridos no dia 01/02/2021. Em seu poder havia um quantidade de maconha e 01 revólver calibre 38 que foi utilizado nos homicídios acima citados.

Os outros 03 indivíduos empreenderam fuga pelo canavial, onde foi solicitado o apoio do Aéreo pelo comandante da 2ª Cia, o Helicóptero Falcão 03 comandado pelo Maj Patrick, com apoio de todas Guarnições em campo dando continuidade as buscas, lançou munições químicas em uma região de mata, sendo assim possível visualizar um dos suspeitos, que ao avistar as Guarnições fez disparos de arma de fogo, onde em resposta a injusta agressão, o suspeito foi atingindo em confronto. Em seu poder estava uma pistola PT 100 calibre .40, de propriedade da PMAL, pistola essa que foi perdida em uma ocorrência na cidade de Colônia Leopoldina, no dia 10/02/2019.  O suspeito ferido foi socorrido para o hospital de Colônia Leopoldina, onde não resistindo aos ferimentos, morreu no local. De pronto as Guarnições se dirigiram a Delegacia Regional de Novo Lino para realização dos procedimentos cabíveis.

Em depoimento ao Delgado Rubens Cerqueira, da Polícia Civil de Joaquim Gomes, Rafa afirmou que Leandro Bonifácil, filho do empresário morto, ofereceu ao grupo, a quantia de  R$ 5.000 (Cinco Mil Reais), valor que segundo ele, nunca chegou a ser pago. A Polícia afirma que as investigações devem seguir a partir da prisão deste terceiro envolvido.


Continua depois da Publicidade

Do 40graus em Joaquim Gomes com informações da 2ª Companhia 

 


Continua depois da Publicidade

Bombando