Connect with us

Cidades

Preço da cesta básica sobe em Delmiro Gouveia em fevereiro, aponta pesquisa da Ufal

Published

on

Cesta básica ficou mais cara em fevereiro em Delmiro Gouveia – Foto: Reprodução/Internet

Cesta básica ficou mais cara em fevereiro em Delmiro Gouveia – Foto: Reprodução/Internet

O preço da cesta básica em Delmiro Gouveia teve alta em fevereiro deste ano, em comparação ao mês de janeiro, de 1,85%, segundo pesquisa do campus Sertão da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

O valor ficou em R$ 306,68, enquanto em janeiro tinha sido de R$ 301,10. Dos 12 produtos que compõem a cesta básica, sete apresentaram variações positivas em fevereiro. O produto que obteve a maior variação foi a banana, com 41,44%. Os outros foram: farinha (13,45%), pão (3,61%), óleo (3,38%), café em pó (3,30%), carne (2,79%) e arroz (0,19%).


Continua depois da Publicidade

“A explicação para a alta no valor do custo da cesta básica alimentar decorre da redução da oferta de banana e da farinha de mandioca no mercado interno alagoano devido a fatores climáticos, da destinação de parte da produção de óleo de soja para a elaboração de biocombustíveis, e da oferta limitada e a pior qualidade do grão de café”, explicaram os pesquisadores da Ufal.

Por outro lado, os produtos que alcançaram variações negativas foram: feijão (-20,22%), legumes (-16,90%), açúcar (-1,48%), manteiga (-2,01%) e leite integral (-0,82%). “Apesar de o feijão e legumes terem atingido variações negativas significativas, as variações positivas puxaram um aumento de preço da cesta básica para o mês de fevereiro”, ressalta a pesquisa.

O estudo aponta ainda que, para o trabalhador que ganha até um salário mínimo, o tempo gasto para adquirir a cesta básica era de 70 horas e 36 minutos em janeiro, e passou a ser de 72 horas em fevereiro, reflexo do encarecimento da cesta básica neste mês, em Delmiro Gouveia.

Let’s block ads! (Why?)

fonte: Correio Notícia


Continua depois da Publicidade

Bombando