Connect with us

Geral

Procurador-Geral de Justiça de São Paulo visita Record TV

Published

on

Da esquerda para a direita: Edna Macedo, Marcus Vinícius Vieira, Gianpaolo Poggio Smanio, Luiz Cláudio Costa e José Carlos Cosenzo

Da esquerda para a direita: Edna Macedo, Marcus Vinícius Vieira, Gianpaolo Poggio Smanio, Luiz Cláudio Costa e José Carlos Cosenzo
Antonio Chahestian/ Record TV 17.04.2019

O presidente da Record TV, Luiz Cláudio Costa recebeu, na tarde desta quarta-feira (17) a visita institucional do procurador-geral de Justiça de São Paulo, Gianpaolo Poggio Smanio. Ele estava acompanhado do coordenador de Assuntos Estratégicos do MP-SP, José Carlos Cosenzo.

Também participaram do encontro a deputada estadual Edna Macedo (PRB), o CEO da Record TV, Marcus Vinícius Vieira e o vice-presidente administrativo da emissora Marcelo Cardoso.


Continua depois da Publicidade

O procurador Gianpaolo Smanio destacou uma série de iniciativas e projetos do Ministério Público de São Paulo que já foram apresentados ao Congresso Nacional e ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Smanio disse que há propostas de aperfeiçoamento da legislação, como o que prevê a realização de acordos entre o juiz, promotor e advogado para que casos que não sejam graves não se tornem processos. Outra preocupação do chefe do MP é com o combate ao crime organizado.

“Temos que sufocar o poder financeiro do crime organizado com o sequestro de dinheiro e bens. Precisamos também atuar contra a lavagem de dinheiro, os recursos ilícitos que depois da lavagem têm aparência de lícitos. Temos que ter laboratórios com investigadores capazes de localizar o dinheiro do crime organizado que vem do tráfico e assaltos, por exemplo”, disse Smanio.

O procurador afirmou também que o Ministério Público está preocupado com a violência contra a mulher, por isso quer levar para todo o país por meio de aprovação de lei federal uma iniciativa que é uma parceria com a guarda civil dos municípios.

“O Ministério Público tem acordos com a guarda civil de cidades do interior de São Paulo para fiscalizar as medidas de proteção às mulheres vítimas de violência, é o projeto Guardião Maria da Penha. Seria importante a aprovação de uma lei válida para todo o país nesse sentido. Também temos a possibilidade da mulher ir a qualquer momento no MP para obter proteção judicial”, disse.

A deputada estadual Edna Macedo (PRB) afirmou que o encontro com o procurador-geral de Justiça e o coordenador de Assuntos Estratégicos do MP-SP foi importante para conhecer as iniciativas do Ministério Público. Ela também disse que a Record TV, como uma das emissoras mais antigas do país, conta com acervo que pode ajudar a contar a história do Ministério Público de São Paulo.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Bombando