Connect with us

Cidades

Programa Escola 10 garante mais de R$ 30 milhões para a educação pública de Alagoas

Published

on

exto de Manuella Nobre

Foto de Valdir Rocha

O foco é alcançar o desenvolvimento e o caminho é investir na Educação. Assim, o Governo de Alagoas reedita a história da educação pública e investe maciçamente nas redes municipais, injetando mais de R$30 milhões por meio Programa Escola 10. A iniciativa, que será lançada na sexta-feira (17), no Centro de Convenções de Maceió, visa, dentre outras metas, melhorar a qualidade do ensino-aprendizagem no ensino fundamental e aumentar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de Alagoas.

O presidente da AMA, Hugo Wanderley diz que as estatísticas mostram que os municípios alagoanos e o Estado avançaram nos últimos anos na área da educação,no entanto, todos sabem que existem  problemas , e que fomentar a qualidade da educação básica em todas etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem é uma meta de todos. “Esse foco do governador Renan Filho e do secretário Luciano Barbosa de mudar os atuais indicadores é um desafio que todos, juntos, devemos aplaudir e arregaçar as mangas para executar porque é isso que as crianças e é isso que prefeitas e prefeitos prometeram em praça pública e vão se empenhar para cumprir.

Principais beneficiados, os municípios que aderirem ao programa terão garantidas, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), assistência técnica, pedagógica e financeira, além de avaliação e materiais didáticos também custeados pelo Estado. Atualmente, as redes municipais detêm 95% das matrículas do Ensino Fundamental I (1º ao 5º anos) e 75% do Fundamental II (6º ao 9º anos).


Continua depois da Publicidade

O secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, destacou o envolvimento de prefeitos e secretários municipais de Educação com o programa e explicou como se dará o processo.

“Esse trabalho será pedagógico, de acompanhamento, e tenho absoluta convicção de que vai dar certo, pois é um pacto pela qualidade da educação. Agora, no início do ano, o Governo de Alagoas promove uma avaliação com as nossas crianças, tanto nas redes municipais quanto na estadual e, a partir dos resultados obtidos, faremos uma análise das dificuldades apresentadas e vamos trabalhá-las ao longo do tempo”, explica o secretário.

alunos fundamental

Eixos e metas – As ações do programa estão divididas em três eixos: pedagógico, avaliativo e didático. Para isto, serão mobilizados mais de 100 técnicos, entre regionais e municipais, para o acompanhamento pedagógico, e quase dois mil articuladores de ensino, beneficiando 80 mil estudantes do ensino Fundamental, especialmente do 3º, 5º e 9º anos.

Dentre os compromissos assumidos para a execução do programa estão o aumento no nível de proficiência dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática; o aumento da taxa de aprovação; crescimento na taxa de participação na Prova Brasil; redução na taxa de abandono e na distorção idade/série dos estudantes; cumprimento de 200 dias letivos e da meta proposta pela Seduc para o Ideb 2017.

 

fonte: AMA – Associação dos Municípios Alagoanos


Continua depois da Publicidade

Bombando