Connect with us

Hi, what are you looking for?

40graus

Geral

Reforma será aprovada até fim do 1.º semestre, diz Joice Hasselmann

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann
ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), disse durante abertura da 35.ª Apas Show, em São Paulo, que a reforma da Previdência será aprovada até o fim do primeiro semestre na Câmara. “Pela nossa força aqui, a gente aprova certamente na Câmara até o final do primeiro semestre. A questão é o tamanho que se aprova. A gente não pode fazer uma lipoaspiração na Previdência. Ela não pode ser magrela. Tem de ser igual eu, fortinha”, disse, arrancando aplausos da plateia de supermercadistas.

Leia mais: Aposentadorias por invalidez disparam 70% no 1º trimestre

Ela disse ainda que há tempo hábil para que a Previdência seja aprovada neste período. “A gente está trabalhando para levá-la direto a Plenário após a comissão especial”, afirmou. Ela cobrou ainda o apoio do setor para pressionar os deputados para aprovarem a reforma.


Continua depois da Publicidade

“Se todos os parlamentares fizerem o seu trabalho direitinho, a gente consegue marcar este golaço e aí é só esperar que a gente parte para a reforma tributária”, disse a deputada.

Na sua fala, ela disse ainda que a reforma previdenciária é um tema que pode unir prefeitos e governadores “independente de partidos”. “Interessa a todos municípios, a todos os Estados, a todos os governadores, a todos os prefeitos”, disse.

Passo a passo da reforma

A proposta de reforma da Previdência já foi aprovada na CCJ (Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça) da Câmara dos Deputados em abril. O texto passa por análise do mérito agora na comissão especial da Câmara. O próximo passo, caso aprovado, é seguir para a Câmara dos Deputados, onde será votado por todos os parlamentares.

O texto será submetido a dois turnos de discussão e votação na Casa, sendo que precisa de três quintos dos votos dos deputados — 308 votos, em votação nominal.

No Senado, a proposta será analisada pela CCJ da Casa e pelo plenário. São necessários 49 votos para que a reforma seja aprovada.

Se o Senado aprovar a proposta recebida da Câmara integralmente, o texto será promulgado em seguida pelo Congresso Nacional, tornando-se uma emenda à Constituição. Se houver mudanças, a proposta volta para as Casas para ser reanalisada.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Futebol

Neste sábado, CSA e Avaí empataram por 1 a 1, no Estádio Rei Pelé em uma partida da Série B do Brasileiro que ficou...

Futebol

This website uses cookies to improve your experience while you navigate through the website. Out of these cookies, the cookies that are categorized as...

Futebol

O Operário continua na luta pelo acesso para a primeira divisão. Jogando dentro de seus domínios, a equipe derrotou o CRB nesta quinta por...

Futebol

As definições nas competições nacionais que começaram em 2020 estão cada vez mais próximas. Na Série B do Campeonato Brasileiro, a disputa para a...