Connect with us

Geral

Secretaria confirma que neto de Lula não morreu de meningite

Published

on

Arthur morreu horas após dar entrada no hospital

Arthur morreu horas após dar entrada no hospital
Divulgação

A Secretaria de Saúde de Santo Andre (SP) afirmou nesta segunda-feira (1º) que a causa da morte do neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva — Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos — não foi meningite meningocócica, como havia sido divulgado há um mês.

O menino morreu horas após dar entrada Hospital Bartira, da rede D’Or, em Santo Andre, no dia 1º de fevereiro. Logo em seguida, o próprio hospital divulgou que se tratava de um caso de meningite. Depois disso, a instituição não se manifestou mais.


Continua depois da Publicidade

Ontem, o deputado federal e ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT-SP) já havia dito ao R7 que houve um erro na divulgação da causa da morte de Arthur, mas não informou o verdadeiro motivo.

“Apesar da notificação, o resultado do exame de liquor realizado no mesmo dia pelo próprio Hospital Bartira, acusou bacterioscopia negativa”, afirmou a secretaria em nota, acrescentando que as amostras foram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz, que também descartou qualquer contaminação por meningite.

“Foram descartadas: meningite, meningite meningocócica e meningococcemia”, acrescenta a pasta.

A nota diz que o menino chegou ao Hospital Bartira  às 7h14 com “cefaleia [dor de cabeça], febre, mialgia [dores no corpo], exantema [manchas na pele], cianose [pele das mãos ou lábios roxas], náuseas e dores abdominais”. O quadro clínico evoluiu para confusão mental e Arthur morreu por volta do meio-dia.

“Informações adicionais relacionadas ao caso dependem de autorização expressa da família da criança”, conclui o comunicado da secretaria.

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bombando