Connect with us

Hi, what are you looking for?

40graus

Geral

Sem Previdência, Guedes diz que não brigará para ficar no cargo

Guedes participa de debate em comissão do Senado

Guedes participa de debate em comissão do Senado
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse não ter apego ao cargo, mas sinalizou que não sairá do ministério na primeira derrota, após ser questionado sobre se deixaria o governo caso a reforma da Previdência não seja aprovada. Guedes participa nesta quarta-feira (27) de debate na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Essa é a primeira vez que o ministro vai a audiências públicas no Congresso Nacional, após ter faltado à audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara na terça-feira.


Continua depois da Publicidade

Questionado se sairia do governo caso não conseguisse aprovar a reforma da Previdência, Guedes  disse que não brigará para ficar no cargo. “Estou aqui para servi-los, se ninguém quiser o serviço, terá sido um prazer ter tentado. Não tenho apego ao cargo, mas não a terei irresponsabilidade de sair na primeira derrota”, afirmou.

Mais uma vez, ele colocou sua permanência no ministério nas mãos do presidente Jair Bolsonaro. “Acredito em uma dinâmica virtuosa da democracia, não tenho dúvida de que poderes cumprirão seu papel. Se o presidente (Bolsonaro) apoiar coisas que acho que podem resolver o Brasil, estarei aqui. Se o presidente ou Poderes não assumirem, eu tenho vida fora daqui”, completou.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também está na comissão, acompanhando o ministro.

Segurança

A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) criticou o forte esquema de segurança montado para a chegada de Guedes à CAE, inclusive com empurrões a jornalistas e assessores. “É o presidente da República que está aqui?”, questionou.

O presidente da CAE, senador Omar Aziz (PSD-AM), esclareceu que o reforço da segurança foi a seu pedido. “Não foi uma decisão do ministro, foi minha”, afirmou. Ao retirarem jornalistas credenciados do corredor, os seguranças da Casa gritaram que havia sido um pedido do Ministério da Economia.

 

 

Source: R7


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Futebol

A Ponte Preta venceu o CRB por 3 a 1, na noite deste domingo, no Moisés Lucarelli, pela Série B. Mesmo com a vitória,...

Futebol

Pela 37ª rodada da Série B, a equipe do CSA recebeu o Brasil de Pelotas, nesta sexta-feira, no estádio Rei Pelé. As duas equipes...

Futebol

This website uses cookies to improve your experience while you navigate through the website. Out of these cookies, the cookies that are categorized as...

Futebol

[unable to retrieve full-text content] Continua depois da Publicidade O post Após goleada, Roberto Fernandes exalta jogadores do CRB e fala do objetivo alcançado...