Connect with us

Cidades

Sérgio Lira pagará 50% do 13º até 11 de julho

Published

on

O prefeito Sérgio Lira anunciou, em reunião com representantes de sindicatos do setor educacional e do Poder Legislativo, que o aumento de salário à categoria será concedido a partir de junho e que o percentual será definido em reunião agendada para o dia 8 de julho. Também disse que pagará 50% do 13º salário no dia 11 de julho, para todos os funcionários públicos efetivos e comissionados municipais. Quanto aos contratados por tempo determinado, o pagamento será feito na rescisão do contrato, ressaltando sua possibilidade de renovação. Os funcionários lotados na UPA Santo Antônio receberão uma gratificação natalina.

“Desde que assumimos que nos preocupamos com a questão salarial”, falou o secretário municipal de Educação, Emanoel Estelita.

Sérgio Lira disse que não fará concurso público para a Educação este ano, pois, segundo ele, enquanto o sistema político-governamental do país não se (re)organizar, não haverá estabilidade administrativa-financeira em nenhuma prefeitura. Concurso, só no ano que vem.


Continua depois da Publicidade

A reunião aconteceu nessa quinta-feira, 22, no auditório da Secretaria Municipal de Educação, cuja pauta seria a revisão do PCC (Plano de Cargos e Carreira), mas se estendeu a outros temas. Para elucidar à classe acerca do impasse dos aumentos ansiados, Sérgio Lira convidou o advogado e professor Luiz Geraldo, consultor da AMA, para falar aos presentes.

Munido de dados do Ministério da Educação, Luiz Geraldo apresentou um estudo estatístico-econômico-financeiro para planejamento dos recursos “Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – (FUNDEB) – 2017.”

Entre gráficos matemáticos exibidos, revelou que a Educação do município gasta 80% só com Pessoal; que houve uma redução de alunos matriculados na Rede de Ensino Público de 262 alunos de 2013 para 2017, quando o normal seria o inverso; que, diante de tal quadro, a Educação sofreu uma perda financeira considerável (na casa dos R$ 753.257,86); para encerrar, veio a pior notícia: na Prova Brasil, na matéria Português, do 5º ao 9º ano, apenas 4% assimilaram a nossa língua pátria em Maragogi.

Representando a Câmara de Vereadores, compareceram os vereadores Júnior do Jozemir, Irmã Mônica, Júnior de Barra Grande, Zezinho do Vane, Dani da Elba, Fernando da Skol e Pipo.

fonte: AMA – Associação dos Municípios Alagoanos


Continua depois da Publicidade

Bombando