Connect with us

Cidades

Show de MC Troinha não é realizado e acaba em confusão e tiros no interior de Alagoas

Published

on

Uma confusão foi registrada no sábado (10) em Jequiá da Praia, no Litoral Sul de Alagoas. No evento, estava programado o show do cantor pernambucano MC Troinha, mas a noite terminou com tiros para o alto disparados pelos seguranças do artista. O cantor, que se tornou conhecido no Nordeste pela mistura de arrocha e funk nas músicas, nem chegou a subir no palco ontem. 

O empresário Iago Leite, de 22 anos, disse que estava responsável por promover a divulgação da festa no município. Ele afirmou ao 7Segundos que os seguranças do cantor efetuaram os tiros para o alto já na saída do local do evento, o que causou pânico e correria.

Já o empresário de MC Troinha em Alagoas confirmou que os disparos foram realizados pelos seguranças do cantor. Segundo Junior, os tiros ocorreram porque havia uma ordem para que a banda não deixasse o local do evento e os portões foram fechados. Junior explicou que a produção temeu pela integridade física do artista e a produção queria que os portões fossem abertos.  
Mesmo diante da polêmica, a agenda do cantor continuará sendo realizada com show neste domingo (11) em Arapiraca, conforme o empresário do MC Troinha.  

                     
Cachê

A confusão no evento aconteceu devido ao problema com o pagamento do MC Troinha, segundo informou a empresa Mídia 3. O empresário responsável pela Mídia 3, Felipe, disse ao 7Segundos que a banda havia recebido uma entrada de R$ 2 mil reais antes do evento como garantia e, segundo ele, até o momento do show não tinham sido vendidos ingressos suficientes para honrar o valor do contrato. 


Continua depois da Publicidade

De acordo com Felipe, foi feita uma arrecadação de mais R$ 1,5 mil e este dinheiro foi repassado para a banda. Mesmo após o segundo pagamento, MC Troinha e o grupo não subiram no palco, conforme Felipe.

O empresário e representante do cantor e da banda em Alagoas, Junior, negou todas as acusações dos empresários locais. Segundo ele, o contrato para a realização do show exigia uma garantia para que a banda subisse ao palco. 

Junior disse que a banda chegou à cidade e esperou por mais de duas horas o pagamento total da garantia, mas somente o depósito de R$ 2 mil reais foi realizado. Segundo ele, o dinheiro pago não chegou nem aos 50% do valor combinado em contrato. De posse do contrato, o empresário do cantor pretende acionar a justiça sobre o caso.  

Dinheiro do bar
Iago Leite, que fez a divulgação do evento, disse que o pagamento que receberia seria o lucro do bar, mas, segundo ele, o dinheiro foi levado pelos seguranças e por um dos empresários do cantor. 
Leite contou que o empresário – que não teve o nome divulgado – entrou no bar com mais três seguranças armados com pistolas. Iago revelou que os quatro levaram R$ 3,4 mil. “Depois de pegar o dinheiro, eles se dirigiram até ao portão de saída e efetuaram os disparos”, afirmou Iago Leite. 

Ele disse que havia solicitado os produtos do bar em forma de consignação e que não havia acordo com os contratantes do show sobre o que seria lucrado com as vendas no bar. O empresário disse que vai procurar a delegacia da cidade na segunda-feira (12) para prestar queixa sobre o caso.
O empresário do MC Troinha em Alagoas, Junior, negou que os seguranças tenham roubado o dinheiro do bar.

Fonte: 7 Segundos


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bombando