Connect with us

Cidades

Superintende do CRERSSAL diz que taxa do lixo depende da reeducação da população

Published

on

Superintendente do CRERSSAL, Eraldo Nunes – Foto: Divulgação/Rede Social

Superintendente do CRERSSAL, Eraldo Nunes – Foto: Divulgação/Rede Social

O superintendente do Consórcio Regional de Resíduos Sólidos do Sertão Alagoano (CRERSSAL), Eraldo Nunes, afirmou em uma publicação nas redes sociais, neste fim de semana, que a instituição da taxa do lixo cogitada para o município de Delmiro Gouveia depende da reeducação da população quanto à produção e descarte de resíduos sólidos.

“A taxa de lixo dependerá única e exclusivamente da reeducação da sociedade para entender que temos que mudar radicalmente nossos maus costumes em relação ao lixo, caso contrário, seremos penalizados de forma legal, com a tal taxa do lixo”, postou em um grupo de WhatsApp.


Continua depois da Publicidade

Na mesma postagem, ele cita que todo o manejo e destinação adequada dos resíduos sólidos não é uma responsabilidade apenas do Poder Público. “Toda esfera produtiva privada, as cooperativas de catadores e o consumidor final, ou seja, o cidadão, têm o dever de certas determinações”, postou.

“É importante a participação da sociedade para cumprir as exigências da lei ou se adequar ao novo modelo ambiental para reduzir a geração, reutilizar e reciclar o lixo ou ainda arcar com os custos dos grandes volumes a serem descartados, uma vez que, com a implantação do aterro sanitário, o município terá que pagar por tonelada de resíduos descartados no aterro”, concluiu a publicação.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Delmiro Gouveia informou, durante entrevista a rádios da cidade, que a possibilidade de implantação da referida taxa ainda será discutida pela gestão.

Let’s block ads! (Why?)

fonte: Correio Notícia


Continua depois da Publicidade

Bombando