Connect with us

Cidades

Vazão do rio São Francisco em Xingó pode sofrer nova redução em junho

Published

on

Vazão do rio São Francisco em Xingó pode sofrer nova redução em junho

Previsão é de reduzir a vazão nos reservatórios de Sobradinho, na Bahia, e Xingó, entre Alagoas e Sergipe, para 540 metros cúbicos por segundo (m³/s); medida compromete ainda mais navegação, pesca e abastecimento

Represa do rio São Francisco em Xingó, entre Alagoas e Sergipe – Foto: Diego Barros

Represa do rio São Francisco em Xingó, entre Alagoas e Sergipe – Foto: Diego Barros

A Agência Nacional de Águas (ANA) deve iniciar a discussão com os estados da bacia do rio São Francisco sobre adoção de possíveis medidas de gestão para enfrentamento da crise hídrica. A previsão é de reduzir a vazão nos reservatórios de Sobradinho, na Bahia, e Xingó, entre Alagoas e Sergipe, para 540 metros cúbicos por segundo (m³/s), a partir de junho. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (15 de maio), durante reunião de avaliação das condições de operação dos reservatórios, realizada na sede do órgão, em Brasília (DF), e transmitida por videoconferência.


Continua depois da Publicidade

A proposta da ANA, apresentada pelo superintendente da agência, Joaquim Gondim, é discutir medidas de acordo com a operacionalização dos reservatórios, para compor uma visão integrada para o próximo período úmido da bacia. A proposta deve ser a definição de uma curva-meta para cada reservatório, a fim de evitar a utilização do volume morto dos reservatórios de Sobradinho e Xingó. Outra proposta, que ainda será discutida com os estados, é a adoção do chamado Dia do Rio, que consistiria na suspensão das captações para irrigação um dia por semana, possivelmente às segundas-feiras.

LEIA MAIS:

Nova redução de vazão no São Francisco compromete navegação, pesca e abastecimento

Let’s block ads! (Why?)

fonte: Correio Notícia


Continua depois da Publicidade

Bombando