Connect with us

Geral

Vital fala sobre estilos de jogo e defende Carille: “Não podemos padronizar”

Published

on

Sem vencer há cinco partidas, a torcida do Corinthians tem mostrado certa impaciência com o jogo proposto por Fábio Carille. Após o treinamento desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, Mateus Vital, com o intuito de apoiar o treinador do Timão, citou os estilos de Flamengo e Grêmio para defender sua teoria de que não se pode estabelecer uma maneira padronizada de jogar.

“Flamengo tem um estilo, assim como o Grêmio tem um e o São Paulo outro. Não podemos padronizar um estilo. Se todo mundo jogasse igual o Flamengo, seria chato ou seria bom. Eles jogam bom futebol, conquistam resultados e ganham muitos jogos. O Grêmio também vem apresentando um bom futebol, nem por isso se classificou ou está em primeiro. Cada time tem sua maneira de jogar, seus jogadores, é impossível todo mundo jogar do mesmo jeito”, comentou.

Vital participou da coletiva desta quinta-feira (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Após ser goleado por 5 a 0, na noite desta quarta-feira, o Grêmio foi eliminado da Copa Libertadores. Agora, em busca de uma vaga para a próxima edição do torneio continental, a equipe comandada por Renato Gaúcho precisa focar no Brasileirão. Apenas três pontos na frente do Imortal, o meia do Corinthians acredita que a competição por uma vaga no G6 será acirrada.


Continua depois da Publicidade

“Tenho certeza que Grêmio vai vir com força máxima. O Renato gaúcho está com a equipe faz 2 ou 3 anos, é um elenco qualificado. O Campeonato Brasileiro é muito disputado e o Grêmio será mais um a brigar pelo G6, mais um que vamos ter que bater de frente”, analisou.

Sob a visão de Mateus Vital, o Timão, que perdeu dois dos últimos três duelos, precisa fazer ajustes na defesa para evitar mais uma derrota no Brasileirão.

“Nossa procura é sempre melhorar o que não está dando certo e continuar melhorando também o que dá certo. Procurar os ajustes. Não tem forma perfeita, mas estamos procurando melhorar e buscar o caminho das vitórias. Contra Goiás e Cruzeiro, senti a gente mais exposto por buscar resultado, mas não estávamos desorganizados”, finalizou.

De olho na zona de classificação direta para a próxima Libertadores, o Corinthians tem compromisso marcado para este sábado, às 17 horas (de Brasília), na Arena em Itaquera, contra o Santos, pela 28ª rodada do Brasileiro. Caso o alvinegro paulista se sobressaia no clássico e o São Paulo perca seu duelo, o time de Fábio Carille volta ao G4.

O post Vital fala sobre estilos de jogo e defende Carille: “Não podemos padronizar” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Source: Gazeta Esportiva


Continua depois da Publicidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bombando